terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

GUITAR / BASS TUNNING

Fala povo... hoje eu trago aqui alguns ingredientes para tunar sua guitarra/baixo. São minicircuitos instalados internamente que trazem vantagens e muita praticidade no uso de recursos até então somente encontrados em módulos e pedais externos. Vou falar sobre alguns, fabricados pela marca Artec, que também produz preamps para violão, viola, cavaco e baixolão.

 Q D D

QDD  -  Esse circuito é uma espécie de Booster / Overdrive / Distortion construído em um pequeno circuito que é instalado dentro da guitarra, junto a parte elétrica do instrumento. Tem 1 potenciômetro de 5 estágios, enumerados a seguir:
__1 (desligado/guitarra passiva, normal)
__2 (CLEAN BOOSTER, ativo)
__3 (blues overdrive)
__4 (ROCK DISTORTION)
__5 (HEAVY METAL).

A instalação desse circuito requer o uso de baterias de 9v. Instalação discreta, não tem como perceber que está ali.
Esse kit equipa as guitarras modelo CG-350LX PLUS da Condor (aquela com escudo espelhado e capinhas de captadores cromados e ferragens cromo foscas). Instalei na guitarra de um cliente e gostei do resultado. Não é a melhor distorção/drive do mundo, mas é bem legal em várias situações e te salva a vida na falta do pedal.



Q T A   /   Q T P


QTA / QTP  -  Esse é um circuito que emula os antigos circuitos 5 bandas de guitarras vintage. Fabricado nas versões ativo (QTA) e passivo (QTP). Tem potenciômetro de 5 posições que emula 5 diferentes picos de frequência, dando maior ênfase em determinada região entre graves, médios e agudos. Posições enumeradas:
QTA:
__1 - Bypass (passivo);
__2 - Brigth Tone (ênfase nos agudos e brilho);
__3 - High Peak (agudos e médio-agudos fortes);
__4 - Mid Peak (médios proeminentes);
__5 - Low Peak (graves mais altos).

QTP:
__1 - Bypass;
__2 - Very Hi-cut (corte radical dos agudos);
__3 - Hi-cut (corte sutil dos agudos, funciona muito bem com captadores alnico)
__4 - Mid-hi-cut (corte de médio-agudos, torna a guitarra menos estridente);
__5 - Mid-cut (corte de médios).

Esse circuito possui as mesmas características do QDD em termos de instalação, tamanho e facilidade de uso. Mas esse pode também ser usado em baixos e até em violões que possuam captação magnética.



Q T B


QTB  -  Esse nada mais é que um booster ativo, uma arma pra distorções. Potenciômetro com 5 posições de ganhos gradativos:

__1 - Bypass (passivo);
__2 - 0db;
__3 - 6db;
__4 - 14db;
__5 - 20db.

Mesmo tipo de instalação dos citados acima. Bateria de 9v.


 E X P      /    E X 3    /    E X P - N S


EXP  / EX3 / EXP-NS  -   É o equalizador combinado que tem três funções em um único aparelho. O primeiro é a expansão de freqüência, o segundo é um controle de pico médio de banda, e o terceiro é um reforço plano. Outra grande característica do EXP é manter o ganho constante de todas as frequências, mantendo a estabilidade do timbre enquanto você está tocando

Recursos do EXP:

Potenciômetro no início (zero):  aumenta o ganho na região dos médios e reduz a gama de frequências de graves e agudos;
Potenciômetro no meio: equalização flat, as 3 frequências equilibradas;
Potenciômetro no final (10): expande a gama de graves e agudos, e tira os médios deixando o som cristalino. 
O EXP tem função PUSH-PULL. Levantando o knob, o circuito entra em bypass.
 

Ao contrário dos outros circuitos, o potenciômetro do EXP é contínuo como um potenciômetro normal, e não de 5 posições.
Puxe o botão para mudar para bypass
EX3 é uma mini versão com chave 3 posições ao invés de potenciômetro.
EXP-NS: versão do EXP sem push-pull.



 B C U




BCU  -  captadores de guitarra tem características de ressonância natural de cada modelo.
BCU é projetado para complementar a ressonância e para mudar a freqüência e ganho espontaneamente, fornecendo a opção de equalizador paramétrico controlável. BCU lhe dará a chance de experimentar o som que começa a partir do timbre brilhante da Tele vintage para o som gordo dos humbuckings.


BCU difere dos equalizadores paramétricos convencionais, que geram timbres artificiais através de filtros  passa faixa (apenas seguram as frequências e deixam passar uma pequena faixa de frequência).
BCU é especialmente concebido para simular a ressonância natural do captador.

Aplicações: guitarra elétrica e contrabaixo elétrico, mas pode ser usado em instrumentos acústicos com captação magnética. Apenas tome cuidado em regular, pois pode causar microfonias em volumes muito altos quando usado em instrumentos acústicos.


Bem, povo, existem mais modelos, e aos poucos vou postando aqui. Esses me chamaram muito a atenção.
O QDD eu tenho a pronta entrega, instalado. Os outros eu peço sob encomenda.

Abraço!!!
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado por acessar o blog e por ler este post. Comente, seu comentário será muito bem-vindo!